Reeducação Postural Global


Chama-se postura à posição que o corpo ocupa no espaço, graças ao tônus dos músculos estáticos. Ela depende da hereditariedade, da personalidade, das tensões psicológicas externas e da adaptação ao ambiente ocorrida ao longo da vida.

A arquitetura do corpo humano pode ser considerada como uma montagem em que, por um lado, atua a força da gravidade e, por outro, os músculos que se opõem a ela. Os músculos que atuam antigravitacionalmente são submetidos a uma atividade contrátil contínua e prolongada, tanto para assegurar a redução conjunta dos vários segmentos do corpo, como para manter as posturas.

A Reeducação Postural Global (RPG) é um método fisioterapêutico de correção da postura, exclusivamente manual, baseado na ideia de alterações musculares formadas por cadeias integradas, que, portanto, não requer a utilização de máquinas. O método visa restaurar a "homeostase" do corpo e remover compensações patológicas, corrigindo a morfologia corporal.

É um método suave, progressivo e ativo, que pode ser aplicado a pacientes de qualquer idade. O método foi desenvolvido pelo fisioterapeuta francês Philippe Emmanuel Souchard há quase 40 anos (1981).

A Reeducação Postural Global (RPG) baseia-se numa análise e observação rigorosa da anatomia e fisiologia humanas e adota três princípios fundamentais:

1.Individualidade: cada ser humano é único na sua maneira de reagir.
2.Causalidade: a verdadeira causa do problema pode estar distante do sintoma.
3.Globalidade: deve-se tratar o corpo como um todo.

Ela leva em conta a individualidade de cada pessoa, a fim de projetar um plano de tratamento. Enquanto a maioria das modalidades clássicas de fisioterapia concentra-se em uma parte específica do corpo, a RPG trata o corpo como um todo e não separadamente. Ao mesmo tempo, concede ao paciente um papel ativo no tratamento, tornando-o um protagonista da sua recuperação.

A RPG valoriza sobremaneira a função estática dos músculos porque estes, solicitados de modo permanente, podem encurtar-se e perder sua flexibilidade. Assim, um dos princípios do método é identificar e alongar os músculos responsáveis pela alteração postural.

Os defeitos de postura podem ser causados por fatores constitucionais, comportamentais e psicológicos e podem estar localizados à distância dos sintomas.

Como exemplo, imagine um paciente que tenha adotado um padrão de levantar um ombro, a fim de evitar colocar muito peso em um tornozelo torcido no lado oposto. Neste caso, uma cadeia muscular de compensação provavelmente começa nos músculos da panturrilha, que aumentam seu tônus para proteger a articulação do tornozelo. Estes, por sua vez, geram um aumento do tônus dos músculos isquiotibiais e dos músculos eretores da espinha e tudo isto culmina em um ombro levantado. Se este ombro for mantido permanentemente nesta posição, o paciente pode acabar com uma dor escapular, por exemplo.

Antecedendo cada sessão de Reeducação Postural Global (RPG), deve haver uma série de alongamentos posturais suaves e progressivos, em posição de pé, sentado ou deitado. Os pacientes participam ativamente nas sessões de terapia, alongando os músculos tensos e fortalecendo os músculos fracos, segundo a orientação de um fisioterapeuta e seguindo a cadeia que esteja causando dores ou desvios.

A frequência e duração das sessões do tratamento dependem do problema do paciente, mas geralmente recomenda-se sessões uma ou duas vezes por semana com duração de uma hora.

O método pode ser aplicado a todas as patologias que requerem fisioterapia:

1.Problemas morfológicos
2.Problemas posturais
3.Lesões articulares
4.Patologias reumáticas
5.Sequelas neurológicas espásticas
6.Problemas traumáticos
7.Doenças respiratórias e outros

Ele é mais conhecido como um método para corrigir posturas. As posturas erradas ou viciosas podem ocasionar dores musculares, sobretudo nas costas, e, em casos mais sérios, deformidades ósseas ou compressões radiculares na coluna.

O objetivo do método de Reeducação Postural Global (RPG) é corrigir as posturas e aliviar os sintomas, esticando os músculos encurtados, usando a propriedade de fluência do tecido viscoelástico, e também aumentar a contração dos músculos antagonistas.

O método investiga o papel e status das chamadas "cadeias musculares", grupos funcionais de músculos responsáveis pela postura e suas alterações. Analisa em que medida as cadeias musculares se influenciam entre si, como suas alterações podem se acumular em cada sujeito e em que medida essas alterações são responsáveis pelos sintomas relatados.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses