Postagens

Fascite plantar 

Imagem
Dor sob o calcâneo e  planta do pé conseqüente a pequenos traumas repetitivos e alterações degenerativas na origem da fáscia plantar, levando à inflamação local. A fáscia é uma banda fibrosa e firme que sustenta e mantém o arco plantar de pé. Dor embaixo do calcâneo, piora pela manhã ao iniciar a marcha, melhora após os primeiros passos. Além disto, pode estar associado com inchaço local.Excesso de peso, ocupacional (ficar em pé por longo período), pés planos, esporão de calcâneo, corrida excessiva, encurtamento do tendão de Aquiles. 
Como prevenir a fasciíte plantar?  - Alongar os músculos da panturrilha antes e após a corrida. 
 - Utilizar um calçado adequado para o seu tipo de pé e/ou utilização de palmilhas feitas sob medida.Como tratar a fasciíte plantar? 
Temos os seguintes tipos de tratamento:
a) Tratamento não farmacológico:
     - Repouso: evitar atividades que agravam a dor     - Uso de calçado adequado e de palmilhar: evitar andar descalço em superfícies rígidas, evitar calçados…

Diarreia funcional

Imagem
Diarreia funcional merece destaque por ser um achado frequente na população, acometendo homens quanto mulheres. Clinicamente, a diarreia é definida com aumento do número de evacuações em um mesmo dia e em curtos períodos de tempo. Em geral, a frequência evacuatória varia de três vezes por semana a três vezes ao dia. Porém, a melhor definição para diarreia é um volume aumentado de fezes líquidas ou pastosas a qual o organismo não consegue reter. A diarreia é considerada crônica quando ela persiste por mais de três semanas. Diarreia funcional merece destaque por ser um achado frequente na população, acometendo homens quanto mulheres, entretanto sem uma doença orgânica associada, como doença celíaca ou doença inflamatória intestinal. A presença do dor abdominal associada a alteração do hábito intestinal pode preencher outro critério diagnóstico de doença funcional gastrointestinal, como síndrome do intestino irritável.
Em resumo:
• Os pacientes que apresentam diarreia com dor abdominal são…

Desatenção

Imagem
A atenção é a capacidade de manter o foco em um estímulo ou atividade particular e assim, corresponde a um conjunto de processos que leva à seleção ou priorização no processamento de certas categorias de informação. Assim, a desatenção é a capacidade limitada de permanecer atento por um tempo necessário para realizar ou compreender determinada tarefa.Esse não é um sintoma exclusivo do TDAH, mas ele pode ocorrer também em outras doenças ou transtornos. Além disso, todos nós podemos estar mais desatentos em determinados momentos de nossas vidas por inúmeros motivos, como por exemplo o estresse. Por isso, é importante reforçar que para considerarmos a falta de atenção como um sintoma de TDAH deve-se observar sua frequência, persistência e duração, e essas manifestações devem necessariamente trazer prejuízos para a vida do indivíduo.
No TDAH, a desatenção pode manifestar-se em situações escolares, profissionais ou sociais. É comum a mudança de foco com muita facilidade, pois há uma sensib…

Memorias

Imagem
Existem três tipos de memória: sensorial, a curto prazo e a longo prazo.

Memória sensorial: a memória sensorial é um tipo de memória que tem origem nos órgãos sensitivos. As informações obtidas pelos sentidos são armazenadas por um curtíssimo espaço de tempo (0,1 a 2 segundos). Se a informação armazenada não for processada perde-se se for passa para a memória a curto prazo.

Memória de curto prazo: este tipo de memória retêm informação durante um período limitado de tempo, podendo ser esquecida ou passar para a memória de longo prazo. Na memória a curto prazo pode-se distinguir duas memórias: memória imediata e memória de trabalho.
Memória imediata: a informação recebida fica retida durante um curto período de tempo (cerca de 30 segundos). Investigações efetuadas vieram mostrar que podemos conservar sete elementos (letras, palavras, algarismos, etc), variando entre cinco e nove unidades.

Memória de trabalho: neste tipo de memória mantemos a informação enquanto ela nos e útil. A memóri…

Caspa na barba

Imagem
Assim como acontece com o couro cabeludo, cílios e sobrancelhas, a caspa na barba incomoda pelo aspecto e aparência que causam, muitas vezes dando um ar de desleixo e até de falta de higiene — o que, convenhamos, não é sua causa.

Normalmente, a caspa na barba pode surgir por três motivos básicos:

- Predisposição genética

Não existe uma explicação científica que afirme os reais fatores que determinam se uma pessoa terá ou não caspa. Acredita-se, no entanto, que as dermatites seborreias estejam ligadas a fatores genéticos. Geralmente, para quem possui essa predisposição, as caspas aparecem ou pioram dependendo do seu estado emocional — em períodos de grande estresse ou estafa emocional, a caspa piora.

Por isso, se esse for seu caso, é essencial que você tenha uma atenção redobrada aos cuidados diários com a sua barba. Em alguns casos, a pele pode ficar tão irritada e com excesso de descamação que a única alternativa é raspar a barba e manter-se sem os pelos até a pele se recuperar tota…

Unha encravada 

Imagem
A unha encravada, chamada em medicina de onicocriptose, é uma inflamação causada pelo crescimento de parte da unha em direção à pele, provocando lesão da mesma. A unha encravada costuma surgir no primeiro dedo, conhecido como dedão do pé.A onicocriptose surge toda vez que a unha não cresce de forma correta, permitindo que a extremidade lateral cresça em direção à pele, causando feridas, inflamação e eventualmente, infecção do dedo.
A unha normal deve crescer de forma vertical em relação ao dedo. A unha com forma normal não deve roçar, ferir ou empurrar a pele ao seu redor.
Alguns fatores facilitam o surgimento da unha encravada, entre os mais comuns podemos citar:
– Uso de sapatos apertados, fazendo com que os dedos dos pés fiquem se espremendo.
– Cortar as unhas de forma errada. O erro mais comum é deixar as extremidades laterais arrendondadas.– Cortar a unha em excesso, mantendo-as muito pequenas, a ponto de ferir a pele.– Variações anatômicas da unha, como no caso de unhas curvadas.– L…

Má digestão - causas

Imagem
Principais causas da má digestão:
Comer muito de uma só vez;Beber líquido durante a refeição;Consumir frituras e outros alimentos ricos em gordura;Álcool, cafeína, chocolate e refrigerantes em excesso;Incluir muitos alimentos ricos em fibra em uma mesma refeição;Obesidade (os quilos a mais aumentam a pressão no estômago);Comer rápido demais, não mastigando bem os alimentos;Estresse;Exagerar nos alimentos picantes (pimenta, molho de mostarda, açafrão, pimentão);Cigarro;Medicamentos (como antibióticos, anti-inflamatórios não esteroides e o nitrato utilizado para dilatar os vasos sanguíneos);Suplementos de ferro.Outros fatoresCausas menos comuns da indigestão: câncer de estômago, úlceras estomacais, refluxo gastroesofágico, pedras na vesícula, gastrite, pancreatite, prisão de ventre e infecção pela bactéria H. pylori.