Postagens

Confusão mental 

Imagem
Confusão mental é a incapacidade que uma pessoa tem de pensar com clareza e agilidade. A confusão está relacionada, também, à sensação de desorientação e a dificuldades para tomar decisões, prestar atenção e lembrar de determinadas coisas.A confusão mental pode ser um sintoma comum a diversos tipos de problemas, desde algumas condições de saúde específicos até consequências decorrentes de um determinado comportamento de risco.Causas - Condições de saúdeTumor cerebral
Concussão cerebralFebreDesequilíbrio entre fluidos e eletrólitos no sangueTrauma ou lesão na cabeçaDoenças neurológicas, como derrame (AVC)InfecçõesFalta de sonoDiabetesHipoglicemiaNíveis baixos de oxigênio (principal em função de distúrbios pulmonares crônicos)Queda brusca da temperatura corporal (hipotermia)Consumo excessivo de bebidas alcóolicasUso de determinados medicamentosDeficiências nutricionais, principalmente de niacina, tiamina, vitamina C e vitamina B12.

Teníase

Imagem
A teníase é uma doença causada pela tênia, um platelminto da Classe Cestoda, representada por parasitas intestinais. Em razão deste modo de vida, esses indivíduos (acima) não possuem sistema digestório, uma vez que absorvem nutrientes digeridos pelo hospedeiro.Usualmente, consideramos duas espécies de tênias: a Taenia solium, que parasita suínos e a Taenia saginata, parasitando bovinos. Ambas possuem corpo dividido em vários anéis denominados proglótides e na extremidade anterior, denominada escólex, há presença de ventosas que auxiliam na fixação do animal. A Taenia solium, possui nesta região, ainda, ganchos cujo conjunto é denominado rostro, auxiliando também na fixação.
As tênias são hermafroditas, uma vez que cada proglótide possui sistema reprodutor masculino e feminino.No ciclo da teníase, o animal humano é o hospedeiro definitivo e suínos e bovinos são considerados hospedeiros intermediários. No hospedeiro definitivo, o animal adulto fica fixado às paredes intestinais e se auto…

Esofagite erosiva

Imagem
A esofagite erosiva é uma inflamação aguda ou crônica da mucosa do esôfago, órgão do aparelho digestivo responsável pelo transporte dos alimentos entre a faringe e o estômago. Existem diferentes tipos de esofagite erosiva: (1) esofagite infecciosa, (2) esofagite de refluxo, (3) esofagite medicamentosa, (4) esofagite eosinofílica e (5) esofagite estenótica.

Há várias causas de esofagite erosiva: infecção por bactérias, vírus ou fungos; refluxo ácido do estômago para o esôfago, quando a válvula localizada entre os dois órgãos não funciona adequadamente; certos remédios que são consumidos por via oral, os quais podem acabar ocasionando problemas na parede do esôfago se tiverem um contato mais demorado com ela; acúmulo de agentes eosinófilos no esôfago e ingestão de substâncias cáusticas ou ácidas, que podem provocar redução do diâmetro interno do esôfago.

Os principais fatores de risco associados ao surgimento da esofagite erosiva são obesidade, gravidez, ingestão acidental ou voluntári…

Depressão pós parto

Imagem
A depressão pós-parto é surpreendentemente comum. Estima-se que ela afete cerca de 10 por cento das mulheres que tiveram bebê. Os sintomas incluem ansiedade, falta de energia e mudanças no padrão de sono e de alimentação. 
Depressão é uma doença como outra qualquer, que exige tratamento, incluindo remédios e terapia.Acima de tudo, depressão pós-parto não é culpa da mulher, nem significa rejeição ao bebê. A depressão pós-parto é bem mais séria do que uma melancolia passageira. A grande maioria das mulheres se sente triste nas primeiras duas semanas depois do parto, no chamado blues puerperal, mas é uma melancolia que vai embora sozinha. No caso da depressão pós-parto, a tristeza e a falta de energia não melhoram conforme o tempo passa. A mulher não vê graça em quase nada: as situações prazeirosas são cada vez mais raras. 
É importante que a mulher ou algum familiar reconheçam logo a depressão, para que ela receba o apoio e o tratamento necessários. Sem tratamento, a depressão pode durar …

Colangites

Imagem
Colangites são inflamações dos canais biliares, tubos que transportam a bile (um líquido produzido pelo fígado) do fígado para a vesícula biliar e os intestinos.

Há três tipos de colangites:
(1) colangite ascendente, causada por infecção bacteriana, geralmente precedida por uma coledocolitíase;
(2) colangite esclerosante primária, de origem autoimune e
(3) colangite esclerosante secundária, devido a outras causas, como cálculos biliares, presença de vermes, AIDS ou complicações com endoscopias na via biliar.

Esta doença foi reconhecida em 1877 por Jean M. Charcot.

As colangites acontecem na maioria dos casos por obstruções das vias biliares em decorrência de cálculos, estenoses ou neoplasias. Menos comumente, as obstruções ocorrem por parasitas, como Ascaris lumbricoides, pela AIDS ou pela coledococele (dilatação de natureza congênita da parte terminal do colédoco).

A colangite também pode ser uma complicação da manipulação endoscópica das vias biliares para fins diagnósticos ou …

Leucemias

Imagem
A leucemia é uma doença maligna originada na medula óssea, local onde as células do sangue são produzidas. Os glóbulos brancos (leucócitos) são as células acometidas e se reproduzem de forma descontrolada, gerando os sinais e sintomas da doença.
As leucemias se dividem nas categorias mielóide e linfóide, de acordo com a célula envolvida. No primeiro caso, deriva da célula-tronco mielóide, e pode ser o granulócito, o eosinófilo, o basófilo, o monócito ou o eritrócito. No segundo caso, o linfócito é a célula doente. Há, ainda, uma classificação de acordo com a velocidade de divisão dessas células: leucemia crônica, quando essa divisão é mais lenta, e leucemia aguda, quando a velocidade é rápida. As leucemias crônicas se desenvolvem lentamente e as células envolvidas são mais parecidas com a célula normal (mais diferenciadas), permitindo que, mesmo doentes, mantenham algumas de suas funções normais no organismo da pessoa. Já as leucemias agudas são de progressão rápida e afeta as células …

Melhorar o sono pode ajudar na saúde mental

Imagem
Um estudo randomizado e controlado, publicado pelo The Lancet Psychiatry, fornece fortes evidências de que a insônia é um fator causal na ocorrência de experiências psicóticas e de outros problemas de saúde mental.

As dificuldades do sono podem ser um fator causal contributivo na ocorrência de problemas de saúde mental. Se isso for verdade, melhorar o sono deve beneficiar a saúde psicológica.

Pesquisadores do Departamento de Psiquiatria, da Universidade de Oxford, pretenderam determinar com este estudo se o tratamento da insônia leva a uma redução da paranoia e das alucinações.

O estudo OASIS foi realizado em 26 universidades do Reino Unido. Estudantes universitários com insônia foram atribuídos aleatoriamente (1: 1), com randomização simples, para receber terapia cognitivo-comportamental digital (CBT) para insônia ou cuidados habituais, e a equipe de pesquisa foi mascarada para o tratamento.

As avaliações online ocorreram nas semanas 0, 3, 10 (fim da terapia) e 22. As medidas de re…